VOLTAR

Brasões Marquardt

     Na Alemanha, depois da queda do "Sacro Império Alemão", houve uma mudança no que se refere ao uso de um brasão familiar. Acontecia que uma pessoa que quisesse usar determinado brasão como sendo de sua família, teria que provar em cartório que ele fazia parte da família titular do brasão.

     Do "der Herolds-Ausschuss der Deuschen Wappenrolle", o livro oficial de registros de brasões na Alemanha, temos uma importante informação de grande interesse sobre o regime jurídico do uso das armas assumidas e o sistema actualmente seguido na Alemanha:

" Todo o cidadão alemão tem o direito de criar sua próprias armas (brasões). Este ato, por si, estabelece as armas para toda a sua descendência masculina. Mas as armas podem instituir-se em benefício de todos os seus primos que sejam parente na linha de varonia. O criador e assumidor das armas conserva o direito de disposição sobre elas mesmo quando os seu colaterais usem as armas criadas em seu favor ou não."

     O direito de preservação para evitar o uso indevido de brasões podia ser contestado mas depois da supressão do Santo Império, em 1806, já não há legitimidade para isso.

     De lá para cá muitos dos brasões que hoje conhecemos foram "inventados" recentemente.

         

Clique no nome do brasão para vê-lo.

Marquardt - Este brasão foi adquirido na Alemanha, trazido por Thomas Marquardt para Guilherme Marquardt ("Guilherminho"). Foi tirado de uma tradicional firma de pesquisas sobre famílias e suas raízes, o Halbert's Family Heritage. O livro argumenta que a versão do brasão deles é a que foi decidida por várias famílias Marquardt como sendo o brasão padrão Marquardt. Historicamente dizendo, é impossível que um só brasão represente a todos os Marquardt, até porque, o sobrenome não é de uma só linhagem sanguínea, e no mínimo se conhece mais de 40 formas de se escrever o mesmo sobrenome, razão pela qual dá a entender que existem então muitas dezenas de linhagens Marquardt na Alemanha, sem serem parentes uns dos outros. Leia mais detalhes na parte histórica sobre o "Sobrenome Marquardt".
Marquardt - Mais um brasão com a grafia Marquardt que é o mais difundido aqui no Brasil, não por ser o mais usado, mas porque as firmas que o distribui só usam este para o nome Marquardt. Várias firmas usam os serviços da Ancestry, sediada nos EUA.
Marquardt - Este brasão é bastante semelhança em característica com o de cima: a presença da figura de um mouro. Enquanto que o de cima segura uma lança, este segura um cajado ou bastão. O mouro no timbre (figura acima do elmo) do brasão de cima posta-se entre dois marfins e o deste posta-se entre duas trombas de elefante.
Marquardt, de Frankfurt - Este brasão foi adquirida num livro de brasões encontrado no INGERS - Instituto de Genelogia do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre. Ele não tinha descrição de cores. É descrito como sendo dos Marquardt da região de Frankfurt.
Marquardt, de Eisenberger - Este brasão foi adquirida num livro de brasões encontrado no INGERS - Instituto de Genelogia do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre. Ele não tinha descrição de cores. É descrito como sendo dos Marquardt da região de Eisenberger.
Marquardt, de Gelsenkichen-Buer - Este brasão foi adquirida num livro de brasões encontrado no INGERS - Instituto de Genelogia do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre. Ele não tinha descrição de cores. É descrito como sendo dos Marquardt da região de Gelsenkirchen-Buer.
Marquardt, de Querfurt - Este brasão foi adquirida num livro de brasões encontrado no INGERS - Instituto de Genelogia do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre. Ele não tinha descrição de cores. É descrito como sendo dos Marquardt da região de Querfurt.
Marquard - Este brasão foi adquirido na intenet.
Marquart - Este brasão foi adquirido no site The Marquart Page. Na realidade ele não veio com descrição de côres, mas eu usei minha criatividade para embelezá-lo.
Marquart, de Hamburg - Este brasão foi adquirido na internet. Não havia a descrição de cores. É descrito como sendo dos Marquart da região de Hamburg.

 

Todos estes brasões foram feitos em 2001 pelo Atelier Heráldico, especializado em arte heráldica.